Produto adicionado

Ir para o carrinho de compras

Ajuda | Cálculos Técnicos

Gramatura x Espessura x Densidade

  • Gramatura (g/m²): Corresponde ao peso da embalagem em uma área expressa em g/m² (gramas por metro quadrado). 
  • Gramatura Linear (g/m): Expressa o peso da embalagem em 1 metro linear de comprimento. 
  • Espessura (µ): Corresponde a "distância" da(s) face(s) do plástico. Esta característica é expressa na unidade µ (micra ou mícron). Cada micra ou mícron corresponde à 1 milésimo de milímetro (0,001 milímetro).
  • Densidade (g/cm³): Corresponde à relação entre a espessura (µ) e a gramatura (g/m²). A densidade é o que chamamos de "corpo" do plástico. Então, quanto maior o resultado obtido, mais “encorpado” será o plástico.
  • Atenção: Densidade não é sinônimo de "espessura" e sim de "corpo". A "espessura" do plástico é determinada em micras, que relacionada com o "peso", define a sua "densidade". Dessa forma podemos ter plásticos com alta densidade de espessuras finas ou plásticos de baixa densidade com espessuras grossas.

Densidades Específicas

  • Polipropileno (PP): Aproximadamente 0,90 g/cm³
  • Polietileno Baixa Densidade (PEBD): Aproximadamente 0,925 g/cm³
  • Polietileno Alta Densidade (PEAD): Aproximadamente 0,96 g/cm³

Equivalências


Cálculos para fins Comerciais

1) Peso: Transformar dimensões (tamanho das embalagens) em Peso
Calculando o peso (Kg) de 01 embalagem PP com dimensões de 30 cm de largura x 40 cm de altura , com espessura de 60 micras (0,06 mm/0,006 cm):

P = ( L x A x E x D ) / 1.000 , onde
(P) Peso (em Kg) - o que se deseja calcular 
(L) Largura (em cm)
(A) Altura (em cm)
(E)  Espessura (em cm) 
(D) Densidade (em g/cm³)
(1.000) Número fixo da fórmula

P = ( 30 x 40 x 0,006 x 0,90 ) / 1.000
P = 0,00648 Kg

Se 1 embalagem pesa 0,00648 Kg, então 1.000 embalagens  (milheiro) pesarão  6,48 Kg (1.000 x 0,00648)

Se 1.000 embalagens pesam 6,48 Kg, cada Kg  terá aproximadamente 154 embalagens (1.000 / 6,48) 

2) Gramatura: Transformar Dimensões em Gramatura

Como calcular  a gramatura linear (GL) e a gramatura² (GM2) de um filme PEBD (0,925 g/cm3), fabricado com 80 cm de largura e espessura de 40 micras (0,04 mm / 0,004 cm):

a) Gramatura Linear : GL = ( E x L x D ) x 100

b) Gramatura²  : GM² = E x D x 100²

(GL) Gramatura por metro linear
(GM²) Gramatura por metro quadrado
(E ) Espessura => transformar em cm
(L) Largura em metros
(D) Densidade em g/cm3
(100 e 100²) Números fixos das fórmulas

a) GL = ( E x L x D ) x 100                             
GL = 0,004 x 80 x 0,925 x 100               
GL = 29,6 g/m                        

b) GM2 = E x D x 100²
GM2 = 0,004 x 0,925 x 10.000
GM2 = 37 g/m²
    
3) Metragem: Transformar Peso em Metros
Considerando o mesmo filme do exemplo anterior (bobina com 80 cm de largura com espessura de 0,004 cm). Essa bobina apresenta peso líquido igual à 50 Kg. Veja quantos metros lineares (T) terá essa bobina:

T =  ( P / ( L x E x D ) ) / 100                        
T = Metragem da bobina
P = Peso da bobina (g)
L = Largura (cm)
E = Espessura (cm)
D = Densidade (g/cm3)
100 = Número fixo da fórmula

T = ( 50.000 / (80 x 0,004 x 0,925) ) / 100
T = ( 50.000 / 0,296 ) / 100
T = 168.919 / 100 
T = 1.689 metros lineares 

4) Quantidade de Embalagens: Transformar Peso e Tamanho em Quantidades
Consideremos a bobina do exemplo anterior. Trata-se de um filme com formato 80 cm de largura x 0,0040 cm (espessura) com 50 Kg. Vamos encaminhar esta bobina para o setor de acabamento para fazer sacos lisos no formato 18 x 40 x 0,0080 cm. Quantas embalagens poderão ser cortadas com esta bobina com perda de 1% do material durante o corte?

Q = ( ( [ T ] x 100 ) / CC ) x (100% – %P)  
Q = Quantidade de embalagens por bobina
T = Cálculo da Metragem da bobina
LC = Comprimento do Corte
%P = % Perdas 
100 = Número fixo da fórmula
100% = Número fixo da fórmula

Q = ( 1.562 x 100 ) / 18 ) x (100% - 1%)
Q = ( 156.200 / 18 ) x 99%
Q = 8.678 x 99%
Q = 8.591 embalagens

5) Quantidade: Transformar Tamanhos em Quantidades

Um filme transparente com 62 cm de largura e espessura de 0,03 mm será utilizado para fabricação sacos lisos com 25 x 31 x 0,006 cm. A bobina tem diâmetro de 55 cm e o diâmetro externo do tubete é de 10 cm. Veja quantos sacos poderemos fazer com a bobina supondo-se perda zero:

Primeiramente teremos que saber os raios (da bobina e do tubete) para depois calcular o peso. Depois precisaremos converter em metros e assim poderemos saber quantas embalagens poderemos cortar com este filme. 

a) Raio: R = [ Di / 2]

b) Peso: PB = Pi (π) x (R² – r² ) x D x L 

R = Raio da Bobina - Fórmula 1
Di = Diâmetro da Bobina - Fórmula 1
PB = Peso da Bobina
Pi (π) = 3,14
R = Raio da Bobina cm
r = Raio do Tubete cm
D = Densidade g/cm3
L = Largura em cm

a1) Raio da Bobina (R) = D / 2                                    
R= 55 / 2
R = 27,5 cm                                

a2) Raio do Tubete (r) = d / 2 
r = 10 / 2
r = 5 cm

b) Peso da Bobina (PB):
P = Pi (π) x (R² – r² ) x D x L
P = 3,14 x (27,5² – 5²) x 0,92 x 62
P = 3,14 x (756,25 – 25) x 0,92 x 62
P = 3,14 x 731,25 x 0,92 x 62
P = 130,97 Kg

Fórmula item 3: Metragem da Bobina (MB)
MB = P / ( L x E x D )
MB = 130.970 / ( 0,62 x 30 x 0,920) 
MB = 7.653,7 metros

Fórmula item 4: Quantidade de Embalagens (QE)
QE = [ ( ( MB x 100 ) / CC ) x (100% – %P) ]

QE = [ ( ( 7.653,7 x 100 ) / 25 ) x ( 100% – 0% ) ] 
QE = 30.614 embalagens

6) Capacidade de Volume: Transformar Tamanho em Litros
Veja como calcular a capacidade volumétrica (litros) de um saco de lixo com 77cm (Largura) x 90cm (Comprimento) , espessura 0.06mm e densidade 0,925 g/cm3.

Um saco tem estrutura tubular e se assemelha a um cilindro. Primeiro calcula-se a circunferência desse "cilindro".

Ci = L x 2 
Ci = 77 x 2
Ci = 154 cm

Com a circunferência, calcula-se o raio do cilindro:

RC = Ci / (Pi (π) x 2) 
     RC = Raio do cilindro
     Ci = Circunferência do saco
     Pi (π) = 3,14
RC = 154 / (3,14 x 2)
RC = 24,52cm

Com o raio calculamos o volume por centímetro cubico:

VCM3 = Pi (π) x RC² x C 
     VCM3 = Volume por cm³
     Pi (π) = 3,14
     RC = Raio do Cilindro
     C = Comprimento cm (altura)
VCM3 = 3,14 x 24,52² x 90
VCM3= 3,14 x 601,3 x 90
VCM3 = 169.939 cm³

Dividindo por 1.000 convertemos em litros:

VL = VCM3 / 1.000
     VL = Volume em Litros
     VCM3 = Volume por cm³
     1.000 = Número Fixo da Fórmula

VL= 169.939 / 1.000
VL = 169 litros
  Novidades por e-mail

Inscreva-se para receber ofertas e novidades por e-mail gratuitamente

RECIFLÉS Embalagens Plásticas - CNPJ: 24.751.824/0001-61 © 2018 Todos os direitos reservados Plataforma E-Com Club